sexta-feira, 17 de junho de 2016

VOTO ÉTICO CONSCIENTE: Para um Brasil afirmativo e sustentável

O ser humano é capaz de mudar, basta querer e acreditar


Por José Edilson de Paulo Oliveira, professor de Filosofia, Graduado em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo e Especialista em Gestão Escolar

Os cidadãos de bem, caráter e honestidade têm a cada quatro anos a oportunidade de exercer o ato democrático de direito, ir às urnas fazer valer os direitos democráticos de escolher uma pessoa para bem os representarem, no qual esse indivíduo será o porta-voz da comunidade na busca de ideais de igualdade, cidadania com base sustentável.

Livro sobre direitos humanos e promoção da cidadania no Vale do Jequitinhonha é lançado em Seminário

A própria condição juvenil já é um posição de desigualdade

Durante o X Seminário Visões do Vale, realizado nos dias 13 e 14 de junho, foi lançado o livro “Vale do Jequitinhonha – Direitos Humanos e promoção da cidadania”, fruto das apresentações realizadas no IX Seminário, em 2014.

Violência Urbana no Brasil: Reflexo de uma sociedade desordenada socialmente

José Edilson de Paulo Oliveira, professor de Filosofia, Graduado em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo e Especialista em Gestão Escolar

Especialistas na questão afirmam que sim: nas periferias das cidades, sejam grandes, médias ou pequenas, nas quais a presença do Poder Público é fraca, o crime consegue instalar-se mais facilmente.

O Brasil caminha a alguns anos no tempo rumo a um alarmante índice de violência urbana, isso visivelmente em decorrência da falta de estrutura e organização social que assola o país e o mundo.
Hoje a violência em sua totalidade tem envolvido grande parte da sociedade do Brasil e do mundo. Pesquisas de modo geral apontam que geralmente jovem, do sexo masculino, morador de regiões periféricas das grandes cidades, que abandonou a escola cedo e não tem emprego formal, é a maior vítima de homicídio.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Família do Passado, Presente e Futuro


Ficou mais difícil reunir-se em família, seja para confraternizar e dialogar sobre as problemáticas do dia a dia.

Por Edilson Oliveira, Jornalista, Professor de Filosofia e Especialista em Gestão Escolar

A família de hoje em dia nem sempre foi assim. Ao falarmos ou expressarmos a palavra família, logo nos remota a algo de valor insubstituível, significa verdadeiramente uma das formas mais importante dos pilares de convivência em sociedade, natureza e da vida. Representa a base sólida para qualquer indivíduo que busca ser feliz e vencer obstáculos na vida, tanto do ponto de vista profissional, como pessoal.

domingo, 29 de novembro de 2015

Entrevista com Costas Douzinas aborda sobre educação, revoluções e seus direitos

Entrevista a Costas Douzinas. Filósofo

 Projeto Revoluções - Por que é necessário pensar os direitos humanos hoje a partir de um ponto de vista crítico?

Os direitos humanos parecem ter triunfado no mundo. Eles unem inimigos tradicionais, a esquerda e a direita, o norte e o sul, a igreja e o estado, o ministro de governo e o rebelde. De acordo com os defensores da nova ordem mundial, com a derrota do comunismo, o capitalismo e a democracia de baixo nível são os únicos jogos disponíveis e os direitos humanos são sua nobre ideia.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Adeus Justiça , adeus Barbosa!

Na minha infância e lá se vão bons 40 anos – uau, sim 40 anos – eu tinha um ídolo. Era o Wilson Vasconcelos Vianna, o Capitão Aza. Não perdia um programa. Cheguei a encontrá-lo uma única vez quando ele entrou na loja em que eu trabalhava. O tempo passou.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Alagoinha do Piauí amarga o título de cidade mais analfabeta do país

Alagoinha do Piauí tem 7.341 habitantes e concentra o maior número de analfabetos do país: 44% dos jovens maiores de 15 anos (idade adequada para a conclusão do ensino fundamental) não sabem ler nem escrever. A taxa supera a nacional, de 8,7%, e a de nações pobres como Madagascar (36%), Ruanda (29%) e Camboja (26%).